21 de fev de 2011

Cromoterapia na estética. - A luz da Beleza.

       Um dos métodos de terapia é a luz. Juntamente com o som, forma parte das terapias naturais, sendo reconhecido imediatamente pelo nosso cérebro, influenciando nossa vida física , espiritual e mental.
         Luz é energia, existem dois modos de nos tornarmos visivelmente consciente das cores: percebemos um objeto colorido através da luz que ele reflete e também vemos a luz colorida que atravessa a matéria transparente. Por exemplo: Um vitral, ou quando um feixe de luz solar atravessa um prisma e a luz branca se separa nas cores do arco-iris: Vermelho; laranja; amarelo; verde; azul; indigo e violeta.
         Quando Isaac Newton descreveu suas experiencias de fazer a luz solar atravessar um prisma de vidro é que se tornou possivel explicar o fenômeno das cores do arco-iris. Agora, sabemos que a luz vesível é somente uma mínima parte do imenso espectro das ondas que varia de comprimento e velocidade, indo do vermelho, a cor mais extensa, até o azul, a cor menor.
         Sabemos que fisiologicamente as células de cada órgão saudável do nosso corpo, vibram com uma particular frequência, com o emprego da cor é possivel manter, integrar e modificar essa mesma vibração equilibrando a harminia do corpo. As cores exercem um poder fundamental nas células do nosso organismo, nos movimentos vibratórios das células.
          Dessa forma a cromoterapia pode ser usada nos tratamentos de hidratação, acne, rugas, celulites, drenagem linfática e relaxamento.

1 de fev de 2011

MASSAGEM - o poder do toque...

       O poder do toque é parte do ser humano; e é registrado em nossa consciência muito cedo, desde que somos bebês, nos braços de nossa mãe. Apesar disso, a maioria das pessoas no mundo moderno ocidental vive uma cultura individualista, de ausência do contato físico, privando-se do prazer simples do contato físico, limitando-se somente aos prazeres íntimos de um casal entre quatro paredes.        O mesmo não é comum na Ásia tropical, onde a massagem faz parte da vida cotidiana de todos. Os asiáticos véem na massagem, uma ferramenta de cura, tanto para as emoções quanto para o corpo, ou seja, se trata de uma rota simples e eficaz para o bem-estar geral através de nosso maior órgão sensorial - a nossa pele. A pele é equipada com milhares de receptores de toque; os quais reagem aos estímulos externos, transmitindo mensagens e sensações por todo o nosso sistema nervoso.
       A massagem pode ser inclusive considerada uma das formas mais antigas e mais simples de cuidados com a saúde. É retratada em pinturas egípcias antigas e mencionada em textos antigos chinêses, japonêses e indianos. Acredita-se ter sido originada no Leste como um método de desbloqueio do chi, a energia vital que flui através de nossos corpos, e que às vezes, devido a algum distúrbio emocional e físico, pode ficar estagnada. Como diz Deepak Chopra: "A mente e o corpo são como universos paralelos. Algo que acontece no universo mental, deve deixar pistas no físico".
       Na Ásia, a massagem sempre foi considerada a espinha dorsal da saúde e do bem-estar. Para o oriental, não existe nenhum mistério no poder da massagem. O simples processo do deslizamento, do amassamento, e das pressões no corpo é responsável por um imenso benefício terapêutico, do mais geral ao mais específico: no controle da pressão arterial, na respiração ou digestão, no alívio de dores crónicas e de sintomas de doenças como a diabetes e no alívio do estresse.