8 de out de 2009

A BELEZA E A MULHER

O quão complexo é o relacionamento das mulheres com a beleza: Pode ser poderoso e inspirador, mas também ilusório e frustante. Por isso convido você mulher, a entrar mais profundamente nesta intricada relação.


Em 1913, o dicionário Webster definia a beleza como uma propriedade que agrada aos olhos, aos ouvidos, ao intelecto, à faculdade estética ou ao senso moral. Mas em 2004 este padrão encolheu lamentavelmente. As contribuições do ouvido, do intelecto, a ampla faculdade estética e as sensibilidades morais se foram. O fato é que a beleza é visual com características e proporções estonteantes retiradas de alguns poucos ícones desta beleza.

Nos anos 80 e 90 a beleza saiu dos discursos acadêmicos. Algumas pessoas negaram seu poder e sua realidade. Mas a beleza é muito mais, tem enorme poder e não pode ser reduzida a um problema cultural ou político, deve ser entendida como um prazer humano básico.

A beleza é diversa e o olho humano anseia por novos prazeres e fontes de inspiração.

É como disse Darwin: “Se todas as nossas mulheres fossem tão belas quanto a Vênus de Médici, ficaríamos encantados por um breve período e, logo desejaríamos variedade e tão logo obtivéssemos a variedade desejaríamos ver certas características além daquelas então padronizadas.

A maioria das mulheres acredita que “Beleza inclui muito mais que uma pessoa é”, mas também que a beleza é algo que pode ser encontrada em muitos tipos diferentes de mulheres. Elas concordam fortemente com que: “ Uma mulher pode ser bonita em qualquer idade.” “Toda mulher tem algo em si que é bonito.” “ A beleza pode ser alcançada através de atitude, espírito e outros atributos que não tem nada a ver com aparência física”.

Esta idéia de beleza esta entrelaçada com a idéia de felicidade e auto – realização.

As mulheres concordam que a felicidade é o elemento primário que faz com que uma mulher seja bonita, ela aparenta ser mais bonita quando está feliz e realizada em sua vida.

As mulheres querem que as novas gerações de meninas e mulheres herdem este conceito mais amplo de beleza. “Se eu tivesse uma filha, eu gostaria que ela se sentisse bonita, ainda que ela não fosse fisicamente atraente”.

Deixemos iniciar as discussões e os debates e recuperemos a autentica e diversa beleza humana novamente.

Ou seja, as mulheres hoje estão insatisfeitas com sua beleza. É tempo de aumentar a diversidade da imagem da beleza. Elas querem uma expansão da idéia de beleza, vêem qualidades emocionais, caráter e individualidade como parte da beleza. Elas querem ser fisicamente atraentes e querem ser percebidas como tal. Ser bonita é resultado de qualidades e circustancias. Mas quando beleza é mero atributo físico, são rejeitadas como inautenticas e insuficientes.

A grande maioria das mulheres não gostariam de enfrentar o bisturi de um cirurgião, mas nenhuma delas gostaria de ser excluída por falhar em encontrar sua beleza refletida nas imagens que as bombardeiam todos os dias.

O que elas querem é ver refletida esta beleza feminina como ela realmente é, ao invés dos padrões impostos.



Este foi um breve resumo que fiz sobre um estudo feito pela Dove , uma marca de beleza da empresa Unilever com mulheres do mundo todo sobre a beleza feminina.

Beijos a todas as mulheres.

Carina Aroni.